Advogados são advogados, conseguem mentir até ao diabo

0
492

Um advogado circulava com um BMW, em alta velocidade (200 km/hora) e no centro da cidade do Porto quando foi mandado parar por um Polícia de trânsito.

Polícia:

– O senhor vinha em excesso de velocidade, por favor mostre-me a sua carta de condução!

Advogado:

– Já caducou e não a tenho comigo.

Polícia:

– Então, mostre-me o documento do carro, o livrete!

Advogado:

– O carro não é meu.

Polícia:

– Por favor, abra o porta luvas!

Advogado:

– Não posso, tem um revólver que usei para roubar este carro.

Polícia (já bastante preocupado):

– Então, venha abrir a mala do carro!

Advogado:

– Nem pensar! na mala está o corpo da dona deste carro, que eu matei no assalto.

O Polícia, estupefacto e alarmado pela situação, resolve chamar o seu superior. Chegado ao local, o superior dirige-se ao Advogado:

Superior:

– Carta de condução e livrete do carro, por favor!

Advogado:

– Está aqui senhor! como vê tenho carta e o carro é meu.

Superior:

– Abra o porta-luvas!

Advogado, tranquilamente abre o porta luvas e diz:

– Como vê, só tem alguns papéis.

Superior:

– Então abra agora a mala do carro!

Advogado, sempre na sua tranquilidade:

– Certo, aqui está… como vê está vazio.

Superior (constrangido):

– Deve estar acontecendo algum equívoco, o meu subordinado disse-me que o senhor não tinha habilitação, que não era o dono do carro pois o tinha roubado, com um revólver que estava no porta luvas, de uma mulher cujo corpo estava na mala do carro.

Advogado:

– Só falta agora esse mentiroso dizer que eu estava a conduzir com excesso de velocidade!!!!!

loading...

Deixa o teu comentário, ele é muito importante para nós!