A Belinha e os tomates

0
42

A janela daquela sala de aula estava mesmo virada para outra do quarto de banho de uma habitação do prédio em frente.

Uma das alunas estava toda concentrada num tipo que tomava duche e, por isso, não prestava atenção à lição de Português que decorria na aula.

O professor, apercebendo-se da distracção da aluna, ordena-lhe:

– Belinha, diz o presente do conjuntivo, no modo reflexo, do verbo matar.

A aluna:
– Que eu me mate, que tu te mates…que tomates… senhor professor, que tomates!

Deixa o teu comentário, ele é muito importante para nós!