Cada um é tratado como merece

0
409

Na recente visita a Angola, finalmente chegou o tão esperado momento do encontro do Papa Bento XVI com o Presidente José Eduardo dos Santos.

Após alguns minutos de conversa em particular, como manda o protocolo, a conversa pôde ser acompanhada pelos presentes.

O Papa, perguntou então ao Presidente:

– E então, Preto dos Santos, como vai a campanha da Fome Zero?

Todos ficaram preocupados, afinal, Sua Santidade estava a cometer uma gafe gravíssima.

Porém, o Papa continuou:

– Pois é, Preto dos Santos, nós temos acompanhado em Roma…

Rapidamente, um de seus assessores correu para junto do Papa e cochichou-lhe ao ouvido:

– Sua Santidade está cometendo um equívoco, não é por “Preto” que ele deve ser tratado, mas sim por Presidente.

O Papa, então, na sua imensa serenidade, respondeu:

– Claro, filho, eu chamo-lhe Presidente. Mas diz-lhe primeiro para ele parar de me chamar “Sumo Patife”!