Uma doença chinesa sem cura

0
33

Um sujeito casado volta de uma viagem de negócios na China, onde aproveitou para conhecer algumas meninas da vida…

Dias depois da volta, o seu pénis ficou todo verde. Ele tenta ao máximo esconder isso da mulher e vai consultar um médico. O médico olha o órgão do sujeito e sentencia:
– Ahhh…Você foi para a China! Não?

– É verdade. – respondeu o homem.

Continuar o médico:
– E conheceu umas miúdas da vida, certo?!

– É verdade! – respondeu o homem.

Finaliza o homem:
– Infelizmente isso não tem cura. Vamos ter que cortar!

O homem fica em choque, não consegue acreditar no que ouve e, sem desistir vai consultar outro médico, mas o diagnóstico é o mesmo. Em desespero, procura urologistas, especialistas, catedráticos, e todos, sem exceção, confirmam o diagnóstico.

Arrasado e sem saída, decide confessar suas escapadas à mulher que, depois de um tremendo raspanete, compadece-se do marido e aconselha-o a procurar um médico chinês. Um especialista em urologia na própria China. Afinal eles devem estar acostumados com esta doença. O sujeito volta à China, paga uma nota alta de passagem e marca uma consulta com o médico mais renomado do país.

Ao examiná-lo, o médico chinês dá uma risadinha:
– Hehehehe! O senhor esteve na China lecentemente… Non?

– É verdade. – respondeu o homem.

Continua o médico:
– E o senhor deu umas voltinhas com as galotas… Non?

– É verdade. – respondeu o homem.

Continua o homem:
– E o senhor foi ver médico potuguês… Non?

– É verdade. – respondeu o homem.

E pergunta o médico:
– E médico potuguês lhe disse que telia que cotar… Non?

– É verdade. – respondeu o homem.

Diz o médico:
– Médico potuguês não sabe nada! Non plecisa cortar.

O sujeito nem acredita! Quase desmaia de tanta emoção. Vai pulando pelo consultório. Abraça e beija o médico. Julga que seu pesadelo acabou e pergunta:
– Então, existe tratamento para isso?

Responde o médico:
– Non.. Non…. Non plecisa cortar… Cai sozinho!

Deixa o teu comentário, ele é muito importante para nós!