Naquele tempo na Galileia

0
483

Naquele tempo, na Galileia, pregava Jesus seguido dos 12 discípulos. Certo dia Jesus disse:

– Meus irmãos, em verdade, em verdade vos digo: para trabalhardes na obra do meu Pai tereis de carregar para o topo desta montanha uma pedra todos os dias.

Ao ouvirem isto, logo todos os apóstolos se empenharam em carregar a pedra maior que conseguiam. Todos menos Judas, que levou no bolso um mero pedaço de brita.

Chegados ao topo da montanha Jesus falou assim aos discípulos:

– Meus irmãos, em verdade, em verdade vos digo: do trabalho do homem o homem há-de comer e, por isso, as vossas pedras serão o pão de hoje.

E, com isto, transformou as pedras em pães, e como as pedras eram grandes, todos comeram com abundância.

Todos excepto Judas, que viu a sua brita transformada numa pequena côdea.

No dia seguinte, roído de raiva, Judas carregou para o topo do monte a maior rocha que conseguiu para fazer inveja aos seus companheiros.

Demorou toda a manhã, ajudado por uma parelha de mulas, debaixo do sol castigador da Galileia, caindo no pó da terra por diversas vezes.

Chegado ao topo, Jesus disse então:

– Meus irmãos, em verdade, em verdade vos digo:

-Judas hoje trouxe almoço para todos nós.